Projeto Nova Camerata - Música de Invenção

Criada 1999 por compositores e intérpretes de Curitiba, como um grupo musical voltado para a música nova, a Nova Camerata teve como inspiração as idéias de música nova — de reunirem-se cantores, instrumentistas e compositores com a intenção de renovar o cenário musical — desenvolvidas pela Camerata Florentina do
seiscentos. Foi uma idéia conjunta de seu regente, Maurício Dottori, e do então seu aluno de composição Fernando Riederer, que mais tarde veio a semear também outras instituições, o Entrecompositores, coletivo responsável pela Bienal Música Hoje em Curitiba, e o Platypus – Verein für neue Musik em Viena na Áustria.

 

Assim o projeto Nova Camerata - um dos mais importantes grupos brasileiros dedicados ao empenhativo repertório da Música de Hoje - se desenvolve em paralelo com o crescente interesse pela música contemporânea nesta última década em Curitiba, que pela primeira vez em sua história apresenta um movimento de criação musical significativo, com um número de compositores atuantes realizando uma produção de qualidade. Além disso, em seus concertos a Nova Camerata tem apresentado e estreiado peças de importantes compositores da música brasileira contemporânea, como Marisa Rezende, Lindembergue Cardoso, Roberto Victorio, Rodolfo Coelho de Souza, Caio Senna, Harry Crowl, Sergio Kafegian, Silvio Ferraz e Edson Zampronha.

 

A Nova Camerata, nas várias formações que teve desde sua criação, apresentou-se em concertos e festivais pelo país, sendo os mais importantes o da ópera de bolso Il Papagallo, composição de Maurício Dottori, que contou com direção cênica de Denise Sartori; o concerto no VII Encontro de Compositores de Porto Alegre em 2001, quando estreiou peças de Maurício Dottori, Fernando Riederer, Gilson Fukushima, Maurício Aroldi; o Festival de Música Nova de São Paulo e Santos de 2004, estreiando peças de Rodolfo Coelho de Souza; e a Bienal de Música Contemporânea de Mato Grosso em 2006, quando estreiou obras de
Márcio Steuernagel, Jorge Falcón, Fernando Riederer e Indioney Rodrigues.

 

Em Curitiba, dois concertos são dignos de nota: na Capela Santa Maria, em 2009, em que estreiou, com grande acorrência de público, peças de Danilo Kuhn, Guilherme Campelo Tavares, Sólon Mendes, e, em 2010, o concerto, sob a regência de Marcio Steuernagel, em que quinze miniaturas compostas em homenagem ao seu regente titular foram estreiadas. Peças de compositores formados em Curitiba, e que se encontram hoje espalhados pelo mundo.

Nova_Camerata.jpg
Nova_Camerata.jpg
Nova_Camerata.jpg
Nova_Camerata.JPG
Nova_Camerata.JPG

vitralproducoes@gmail.com Tel: + 55 41 998643030